21 de ago de 2010

Razão X Emoção


Comecei uma nova fase na minha vida.
Com alguma ajuda (na verdade MUITA ajuda), mais uma vez estou tentando melhorar minha forma de me relacionar com o mundo, a forma como penso e vivo... Eu sei, quanto trabalho!!!

Sim, mas sem esforço não temos a recompensa.

No meu caso o que eu quero como recompensa é viver bem, comigo mesma e com os outros. Pode parecer bobagem, não sei se vocês percebem o quão frágil é a relação entre nosso coração e nossa mente...Vivem brigando, a razão sempre quer ganhar do coração...Vivemos nessa disputa e se não conseguimos manter um equilibro, nossa vida fica de pernas para o ar.
Uma hora ouvimos nosso coração, outras vezes a razão ganha, pensamos quem está certo?! Quem sou eu nisso tudo? Como agir direito?

Eu era tão franca em minhas palavras que um dia minha mãe me disse que estava parecendo grosseria minha, mas apenas não gosto de mentiras...se não quer ouvir a verdade, não pergunte para mim... Hoje vejo que devemos ter mais cuidado, um certo zelo ao falar o que pensamos, pois nem sempre somos compreendidos da maneira como queremos.
Foi mais um aprendizado.

Eu vivia querendo mudar minha vida, mas vivia no passado e não conseguia esquecê-lo. Nada que fazia parecia dar certo, estava presa nas lembranças. Hoje consegui perceber o mal que isso me fazia e comecei a me libertar.
Outra lição importante!

Sempre me cobrei demais, sempre tive muitas pressões e obrigações, as vezes algumas não saia como eu queria aí era só decepção. Percebi que não posso carregar o mundo nas costas, nada é perfeito, muito menos as pessoas... Me dei o luxo de errar, de tentar, de conseguir e até de desistir (quando preciso!), tudo isso é a vida...
Mais uma lição!

Acho que deixava a razão me conduzir, tentava ser o mais racional possível, mas precisamos ouvir também nosso coração ou nos tornamos uma máquina, sem emoções. Quanto a vida emocional, era um caos acho que dava curto circuito no cérebro e o coitado do coração ficava sem saber o que fazer, rs. Sobrava os sentimentos ruins como tristeza, solidão e faltava alegria e amor. Afinal o amor não é racional, acontece sem explicações.

Não sei como essa revolução entre razão e emoção vai acabar, o pouco que comecei a compreender me fez mudar em algumas partes da minha vida...e estou gostando da mudança!...

2 comentários:

  1. Para mim a solução é sentir mais e pensar menos...

    ResponderExcluir
  2. Olá,Querida!Me identifiquei muito com seu texto eu preciso aprender a lidar melhor com as minhas frustrações, com as minhas emoções e dar vazão aos sentimentos qdo necessário for, dizem que manter o equilíbrio é o segredo de tudo,mas convenhamos não é uma tarefa fácil,mas temos que tentar.
    Uma ótima semana!
    Beijoss

    ResponderExcluir