29 de ago de 2009

Fim da semana baixo atral

Éh... pra fechar essa semaninha baixo astral, tive duas más noticias...
Justamente o que eu detesto enfrentar: dois amigos meus faleceram....
Muito triste!

Uma senhora amiga da minha mãe, que eu gostava muito, sofreu infarte fuminante na quarta-feira e hoje fiquei sabendo que um amigo da faculdade sofreu um acidente de moto.

Dua vidas diferentes, com perspectivas diferentes, sonhos diferentes, mas que fazem a mesma falta pra mim.

Não lido nada bem com separações, perdas, essas coisas. Morte...não gosto nem do assunto! Odeio pensar que todo mundo vai passar por isso, inclusive eu.

Sei que tenho que pensar que eles estão bem, em algum lugar melhor, mas....é dificil.

Sou chorona por natureza, então dá pra imaginar como estou. Mal me recuperei de um acontecimento ruim, apreceu outro.

Graças a Deus tenho amigos pra me ajudar passar por isso e pra compartilhar meus sentimentos.

Espero que a próxima semana seja melhor, bem melhor!

24 de ago de 2009

Dias difíceis

Chuva... frio... esse fim de semana não foi dos melhores...
Parece que em dias assim são propícios para relembrar, sentir saudades, pensar na vida.

Não gosto muito de me sentir assim..., não fui feliz em meu passado e não quero me lembrar dele.

Quando criança não tive uma infância boa, desde pequena não tive um bom relacionamento com meu pai. Ele nunca foi um bom exemplo, sempre bravo, brigando com minha mãe, nos proibindo de fazer quase tudo, nem tinha muitos amigos por isso.
Pelo menos ele nunca bateu em mim ou em minha irmã mais velha, mas em minha mãe...
Só depois que cresci um pouco e perdi o medo, comecei a defendê-la e as coisas foram melhorando.

Passei por muitos momentos difíceis, na verdade todas nós passamos.

Hoje, ele está mais velhos um pouco melhor, mas eu sei que por dentro ele continua o mesmo. As vezes ele deixa escapar a velha personalidade malvada e dominadora, aí se estou por perto é hora de briga, se estou longe minha mãe sofre...

Conversar não adianta, já foi tentado de tudo. Ele finge que levou a serio, mas... acho que ele se fecha, se não for como ele quer nada feito, só ele tem razão.

Desde de cedo tive que engolir o medo e tentar ser forte. Todo dia ponho minha mascara e enfrento o mundo, tenho que cuidar da minha mãe, conviver da melhor forma com meu pai e eu...vou levando como dá.

O passado, minha infância pra mim é triste, difícil de lembrar, porque ainda hoje tenho que conviver com uma parte dele......

Nem sei se devia ter feito esse post, me desculpem pelo desabafo.

19 de ago de 2009

Interligados

Estamos todos interligados de alguma forma.

Cada pessoa convive com outras pessoas, que convive com outras pessoas e assim por diante. Assim a minha história de vida, que compartilho com uma pessoa é passada para outras pessoas, que podem aprender com meus atos, usando-os ou não, depende do resultado que ela espera ter.

Estamos sempre aprendendo, seja com nós mesmos ou com o que ouvimos e vemos acontecer com os outros.

Nos baseamos no que vimos na televisão, filmes, livros, com histórias que escutamos sobre outras pessoas, com conselhos recebidos por quem já passou pela mesma situação.

Dessa forma, com esse aprendizado constante cada pessoa serve como exemplo para outra pessoa, em algum momento da vida.

Estamos todos ligados, um exemplo coletivo de vidas, um mundo de pessoas unidas e distantes ao mesmo tempo.

16 de ago de 2009

O Tempo

Dizem que o tempo cura tudo!

Meia verdade...

Eu acho que conseguimos lidar melhor com os sentimentos depois de um tempo, mas eles ainda estão lá guardadinhos dentro da gente... não esquecemos... quando menos se espera lá está ele de volta nos assombrando... pode até não nos fazer tão mal, mas... o tempo não o apagou... a cicatriz pode ser vista e faz lembrar o que aconteceu.

Curar não é esquecer nem apagar, é como uma fotografia que congela no tempo um instante de nossa vida e quando olhamos para ela relembramos o que estávamos sentindo naquele momento, quer seja algo bom ou ruim.
Bem que curar podia ser deletar de vez para nunca mais lembrar, não ter nem um resquício sequer de chance de lembrar...


Seja um amor, amizade, um mal entendido, uma desilusão, um erro, um equivoco, qualquer coisa que queiramos esquecer, achamos que com o tempo as coisas vão melhorar. Melhora... enquanto não damos de cara com a situação de novo e temos que tentar ser forte para manter a cabeça erguida, seguir em frente.

Mas como aprendemos também com os nossos erros, essa experiência é valida para o nosso crescimento.

É esse pensamento que gosto de guardar comigo quando preciso lidar com isso...



9 de ago de 2009

Selinhos dos Blogs: S.E.N.T.A.T.A e Elemento Crítico




Estou feliz com as indicações que recebi.
Agora tenho 3 selinhos!!!
Como eles são iguais e eu já indiquei os blogs, vou postar apenas sobre os blogs que me indicaram.
Não sei se isso é contra as regras mas... aqui vai.




Vou começar com o S.E.N.T.A.T.A do meu amigo Guilherme.
Eu amo esse blog, ele tem me ajudado muito com seus posts sobre a vida, sentimentos, sem falar nos conselhos.
Sempre tem uma mensagem que fala diretamente com a gente, sentimos na alma suas palavras.
Então, está mais que recomendado esse blog.
Obrigada mais uma vez, meu anjo.




Agora vou falar do Elemento Crítico do Apolo.
Conheci o blog dele através do Blogblogs e achei muito informativo. Tem notícias, atualidades, muitas novidades.
É um blog pra quem quer ficar antenado com o mundo.
Vale muito apena fazer uma visita, eu recomendo.
Obrigada pela indicação.


Bjox a todos!

Convivência

É estou um pouco sem tempo para escrever... troquei de horário no serviço e ainda estou me adaptando.
Estava com saudades dos amigos blogueiros.

E por falar em mudanças e adaptação, como é difícil agradar as pessoas!
Principalmente quando não te conhecem e tem receio em ser amigos.
Por mais que sejamos cordial e sociáveis, sempre tem aquelas pessoas que te olham torto e não vão com a sua cara.
Não sei o que acontece, dá a impressão que não querem nenhuma conversa e que estamos ali para pegar o lugar delas...
Desde quando temos esse tipo de competição? Esse medo de ser substituível e o dever de ser sempre o mais forte, o número 1?
Isso deve ter começado em algum lugar no tempo pré histórico, onde os mais fortes sobreviviam...

Ou então esse pouco caso deve ser mesmo é falta de educação!
O que eu graças a Deus recebi muito bem dos meus pais.
Coisas que tiram do sério é falta de educação e pessoas que não falam: Gritam!

É muito difícil..., você passa por alguém ( colega de serviço, por exemplo) e dá um Bom dia, tudo bem e a pessoa simplesmente acena com a cabeça ou dá um sinal com a mão. Custa responder com palavras!
E tem aquelas que fingem que não está nos vendo, só pra não falar com a gente.

Convivência com pessoas é complicado, se não bastasse os nossos problemas diários temos que tentar ser agradável até com quem não merece.

4 de ago de 2009

É, ganhei selinho do Room Zero!!




Hoje eu fiquei super feliz porque vi que ganhei esse selinho super bacana do Blog Room Zero, do meu amigo Leo.
Esse é o primeiro selo que ganhei e estou emocionada!
Adoro o Blog Room Zero!
Sempre tem novidades, curiosidades, cultura, lazer, histórias, tudo o que há de bom tem lá. Eu recomendo e assino em baixo!
Bom, agora vou passar as regras de ganhar o selinho:
1) Postar o nome do blog que indicou o selo,
2) Indicar 10 blogs e avisá-los,
3) E verificar se os blogs indicados estão cumprindo as regras.

Espero que eu tenha feito direito...
Tenho que escolher 10 Blogs para dar o selinho. Quero agradecer a todos e pedir desculpa se não indiquei seu blog, fica para a próxima. Beijos.
  1. Anita no Mundo
  2. Inominável
  3. Mundo Jovem
  4. Farofa de Batata
  5. Mundo da Beleza
  6. Zaranza!
  7. O Basculante
  8. Day by Day
  9. Elemento Crítico
  10. Meu Cantinho Especial
E assim, espero que todos continuem indicando seus blogs e que essa roda nunca pare de girar!
Bjox

1 de ago de 2009

Possibilidades

Sinto um frio na barriga, penso logo em um céu estrelado com um imenso universo inexplorado, quando ouço essa palavra: Possibilidades!....
Ela tem o poder de nos fazer parar para pensar por alguns minutos sobre como pode ser....a vida, as chances, os amores, qualquer coisa que pretendemos explorar, mudar, tentar...
Para quem não tem medo de mudanças, gosta de tentar sempre algo novo, possibilidades são rotineiras durante suas escolhas de vida. Agora pra quem é acomodado e se acostuma com a mesma rotina, pensar que existem um milhão de possibilidades diferentes pode assustar um pouco.
Medo faz parte, porém a satisfação de conseguir mudar nossa vida para melhor é surpreendente.
Com certeza existem tentativas falhas, mas devemos continuar tentando até melhorar.
Só de saber que temos possibilidades nos dá mais vontade de viver.
Tudo muda, tudo passa!
Temos sempre caminhos diferentes para escolhermos qual seguir.
Destino! Talvez não!
Acredito que mudamos nossa história com as escolhas que fazemos durante nosso caminho.
Talvez até seja pré traçado, mas não definitivo nosso destino, nos permitindo tanto acertar quanto errar nossas escolhas. Só assim adquirimos conhecimentos, experiências de vida.
E as possibilidades nos ajudam a sonhar com o que desejamos conseguir realizar em nossa vida.