5 de jan de 2011

Minha vez


Não sei por que as coisas acontecem dessa forma comigo...
Nunca pude ser como eu queria, sempre tive que ser de acordo com as vontades e maneiras pré definidas por minha família.
Se tornou um vicio que mesmo hoje não consigo largar, não consigo pensar apenas em mim, no que eu quero, acabo me limitando ao que eles vão pensar...

Quando criança, devido aos problemas com meu pai, tive que crescer rápido, aprender a pensar e agir como adulta para ajudar minha mãe e irmã, quando adolescente fui exemplar, nada de problemas típicos da idade, adulta mesmo sem ter podido viver bem cada etapa da minha própria vida, ainda tenho problemas em me deixarem em paz ou pelo menos respeitarem minhas vontades.

O que me deixa nervosa é saber que minha mãe não me entende e quer me dar sermões, achando que ela está sempre certa... e ela fala que eu quero estar sempre certa o tempo todo! Não é bem assim.

Detesto falar e a pessoa fingir que está escutando, detesto programar alguma coisa e a pessoa fica enrolando, detesto que fiquem mudando de opinião o tempo todo, e minha mãe parece que está agindo assim só pra me deixar nervosa!!!! Mesmo sabendo de tudo isso, tenho que ficar repetindo para ela não fazer assim.
Por fim quem passa por ruim sou eu.

Depois de tanto que eu fiz e ajudei elas........

Acho que sou meio louca assim por causa de tudo isso, de todos eles (minha família).
Penso em sair de casa e deixar tudo para trás, mas como deixar minha mãe sozinha com meu pai? Minha irmã não se importa e mesmo que se importasse ela tem a família dela para cuidar (mal, mas cuida), foi o exemplo que ela teve em casa, fazer o quê...

Não tenho opção, vivo infeliz tentando fazer os outros felizes...
Quando chegará minha vez?!

4 comentários:

  1. A hora da rebeldia teria de chegar!
    Viver suportando o que não está de acordo com seus princípios, a vida toda, é algo impossível... chegará a hora em que pedirá um basta, pois precisamos viver nossas próprias vidas.
    Espero que tenha a ciência e que aja na hora certa!

    Beijos carinhosos.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Lendo seu texto notei que sua conclusão foi que pensei será que você instigaste com tal pergunta: Quando chegará minha vez?! Mas noto ainda que em nossa sociedade também haverá em geral regras pré estabelecidas uma vez que dizes ainda: Nunca pude ser como eu queria, sempre tive que ser de acordo com as vontades e maneiras pré definidas por minha família. E lhe digo ainda por ser a família a células da nossa sociedade devemos cumprir os seus padrões para existir ordem e progresso social e boa convivência, portanto siga em frente junto a sua família, pois vejo que estás no caminho certo devido estar fazendo reflexões a respeito e sabes muito bem o que é certo e errado e como pode se ajudar ajudando aos outros e algumas divergências podem existir mas aos poucos tendem a diminuir a medida que o tempo passe e se vai amadurecendo e mais tarde quem sabe servir de bom exemplo com o seu correto proceder, ok!!!!

    ResponderExcluir
  4. Tenho visitado seu Blog com certa frequência.
    Gosto do jeito que escreve. Parabéns!
    Vou te seguir!

    ResponderExcluir