30 de set de 2010

Carente ou apenas apego??




Acho que o título já diz tudo.
Não sei bem se é carência, apenas me apego muito fácil as coisas, as pessoas com quem me identifico, que gosto. Me acostumo só isso.

Tenho esse pequeno "defeito" que lido desde nem sei quando, porém quero muito mudar.
Acabo magoada de alguma forma, já que a maioria das vezes as pessoas nem sabem o significado que tem para mim.
Não estou falando apenas no sentido amoroso, me apego aos amigos também e as minhas coisas. Não estou falando no sentido possessivo da coisa, nem de ciumes do tipo "se não é meu não é de mais ninguém ou é só meu e não divido"..., não sou assim tão ruim, talvez seja apenas uma necessidade de afeição/atenção...

Sabe aquela velha frase do Pequeno Príncipe:“Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”, acho que levo à serio mais do que deveria...


Significado de Carencia e Apego de acordo com o Aurélio:
Carencia
s.f. Falta, necessidade, privação. // Período de carência, período legal ou convencional suspensivo de um direito ou obrigação. // Psicologia Carência afetiva, ausência total ou parcial de laços afetivos, p. ex., entre pais e filhos, origem de perturbações psíquicas entre as partes.

Apego
s.m. Sentimento de afeição, de simpatia por alguém ou alguma coisa: apego excessivo às honrarias.
Éh, esse blog também é cultura, rs.

Será que tenho um pouco dos dois? Ou passo de um para outro sem perceber????
Sou apegada porque sou carente? Ou sou carente por isso me apego??
Nossa! Parece aquela velha propaganda do biscoito Tostines (Vende mais porque é fresquinho ou é fresquinho porque vende mais?)kkk

OK, com certeza vão falar para eu procurar um psicologo...

Quero mudar porque acho esse sentimento uma fraqueza, me expõe, me desarma, não tenho defesa pois não consigo perceber antes de acontecer, quando vejo é tarde demais. Já estou precisando "dele" mais do que o necessário.
Agora estou prestando mais atenção nisso, tentando cortar o mal pela raiz. Sabe o que acabo fazendo... me afasto ou tento erguer um muro de proteção, fico distante. Quando tem alguém que tenta passar, me seguro e escondo no muro tentando impedir.

Acho que faço bobagem nos dois casos: ao me sentir apegada/carente e ao tentar impedir de acontecer..... Sei que é um caso dificil mas... Alguma dica??

7 comentários:

  1. É da natureza do ser humano ser carente, algo sempre nos falta.Tenha certeza disso, o que diz se é patológico ou não, é o grau de carência que sente em relação aos objetos(pessoas)

    Bem, o blog esta de parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Bem praticamente me descreveu!
    Sofremos do mesmo mal. Pior é que doi e muito, e fazemos tudo sabendo mas não podemos evitar a carência!

    Mais vale tentar curar, eu ando tentando! Não sei se consigo mais estou tentando!

    Ando sem tempo para comentar. Sei que é um erro, mas as vezes só coloco o post dos blogs e saio.

    Bem desculpe a falta de comentários mais para passar por muitos tenho que não parar para comentar!

    Vou tirar um dia na semana só para comentários!!:D

    Belo fim de semana!

    Beijos,
    Elaine Crespo

    ResponderExcluir
  3. Sou uma eterna carente...
    E sofro querendo mais emoção e atençao...
    Mas o importante é sentir e vivenciar o que o amor tem de melhor...
    felicidades

    ResponderExcluir
  4. Penso que passa por tentares fazer um trabalho interior sobre ti, tentares descobrir porque te apegas ás pessoas dessa forma, se é por carência afectiva, se porque precisas de atenção, se gostas de proteger enfim pode ser tanta coisa,só quando descobres o que te faz tomar certa atitude, poderás fazer algo para te protegeres,a verdade é que pensamos que nos conhecemos mas estamos longe disso, é um trabalho intenso.Um dia vais descobrir que amar o próximo dar de nós ainda que o outro não o entenda é amor mas não podemos cultivar o apego pois assim o que damos também quer troca e assim em vez de dádiva de amor passa a ser cobrado e isso trás dor.
    beijinhos

    ResponderExcluir
  5. E quem é que não é carente?
    Começamos a ser quando nascemos.
    É do ser humano.
    Bom texto.
    Beijinho/Irene

    ResponderExcluir
  6. Muitas vezes lutamos contra a realidade, Muitas vezes temos que escolher o que é certo ou errado, Muitas vezes deixamos que os sonhos têm o prazer de continuar.talvez porque lhes falta a coragem ou negócio mas com os nossos erros nós crescemos. Obrigado por sua amável visita
    Beijos
    Morris

    ResponderExcluir
  7. Ai querida!Que dilema hein, as vezes me sinto assim também não sei se me apego porque sou carente, ou sou carente e por isso me apego, Dúvida cruel infelizmente não tenho uma resposta para os seus questionamentos.
    Uma ótima semana!
    Beijosss

    ResponderExcluir