30 de jul de 2009

Dilema do crescimento

Quando deixamos de ser crianças?
Quando deixamos de ser jovens?
Quando nos tornamos adultos?
O quê acontece para mudarmos de cada categoria?

Vivemos e morremos, durante a vida somos rotulados de várias maneiras: pela cor, idade, o que vestimos, com quem andamos, o que pensamos e vai por aí...
Como já tinha falado no começo do meu blog, não gosto de ser rotulada, acho um tipo de preconceito.

Será por mudanças físicas e psicológicas que caracterizamos esses três tipos: criança, jovem, adulto?
O que é ser criança, jovem e adulto afinal?

Quando crianças não temos obrigações e responsabilidades.
Então como tem crianças que cuidam da casa e dos irmãos mais novos para ajudar aos pais? Isso não é responsabilidade? O que a torna criança?

Ser jovens também é não tem responsabilidades ou não trabalhar ou não saber o que quere da vida.
E aqueles que trabalham, estudam e contribuem para o sustento da casa? Eles deixam de ser jovens por isso?

E os adultos, são adultos por se casarem, terem filhos, empregos e casas para sustentar?
Se ser adulto é ter responsabilidade e saber o que quer da vida, porque tem tantos adultos que não fazem nada de suas vidas ou acabam sendo presos por atitudes impensadas e irresponsáveis? Isso não os tornam jovens?

Tem pessoas que parecem eternos jovens, com entusiasmo em cada coisa que faz; tem jovens que tem um gênio forte que parecem velhos resmungões e crianças sérias que parecem adultos...

Ontem mesmo eu encontrei uma garotinha que devia ter uns seis ou sete anos indo para escola, ela estava com mochila de escola, sandálias com salto, calça capri, blusinha rosa, batom e sombra rosa, pode! Parecia uma mocinha. Ah, tem mais estava falando ao celular..... Fiquei de boca aberta quando vi, eu era assim quando adolescente!

Considero-me uma adulta ( eu acho!), mas não mudei por dentro, continuo sendoa mema: eu pequena, eu jovem e eu adulta... Ainda gosto de sandálias melissinha, de comer leite em pó ( não sei se vocês já provaram: leite em pó, uma pitada de açúcar e um pouquinho de água, mexe até ficar cremoso aí é só comer, aiai! eu faço desde criança, rss), tenho sonhos e planos para meu futuro, algumas dúvidas durante o percurso como qualquer jovem, sou reponsável , sei cuidar de mim ( mais ou menos,rss) tenho consciência dos meus atos ( a maioria das vezes!).
E aí? Sou uma adulta jovem criança ou uma criança jovem adulta???
Acho que o importante é manter a essencia da juventude e alegria de criança dentro de nós, para sermos adultos completos e em paz.

Um comentário:

  1. gostei do seu texto, achei muito bom! Hoje as crianças parece que já nascem sabendo usar computador, celular e aparelhos eletrônicos, anda tudo muito precoce, até demais. Tenho saudades da minha infância, onde ainda não existiam computadores, nem internet e eu era feliz, aproveitava. Ah, e eu tb comia leite em pó! Adorava...rsrsrsrs...

    ResponderExcluir